Cortes de carnes, os diferentes tipos de carnes e a forma ideal de cozinhá-los.

O melhor das carnes, saiba como escolher o corte de carne para sua receita

Lá se foi a época que a gente ia ao açougue e, simplesmente, escolhia a qualidade da carne por primeira, segunda ou terceira. Antigamente, os cortes de carnes considerados bons eram a picanha e o filé mignon.

Novos cortes de carnes, variadas receitas diferentes

Com a popularização dos cortes de carnes, novos pratos foram criados. Os chefes de cozinha passaram a utilizar também os cortes antes considerados de “segunda” e de “terceira” em seus cardápios.

Ao descobrir novos sabores, a variedade de receitas aumentou consideravelmente. Mas, se você, como a maioria das pessoas, não é um profundo entendedor de cortes de carne, nós podemos ajudar.

Vamos te mostrar os principais cortes bovinos e o melhor preparo para cada tipo, além das denominações mais comuns.
Além de levar em conta a preferência pessoal por determinados tipos de carne, é necessário saber também qual será o modo de preparo.

Afinal, nada supera o sabor de um algum corte de carne bem preparado!

Todos os sabores dos cortes das carnes

Cortes de carnes bovinas

cortes de carnes

1. Músculo Dianteiro

É uma das carnes mais saudáveis e saborosas do boi.
Ideal para sopas e cozidos.

2. Acém

Rico em gordura e sabor, o acém bovino serve para bife de panela, assados, cozidos, carne moída, carnes recheadas ou receitas com molho.

3. Cupim

É rico em gordura, que fica entremeada nas fibras. Ideal para churrascos e assados.

4. Filé de Costela

É também conhecido como bife ancho. Perfeito na churrasqueira e na grelha.

5. Contrafilé

Um dos cortes mais populares do mundo, ideal para bifes na panela ou na churrasqueira.

6. Filé Mignon

Cortes de carnes
Cortes de carnes

É o corte mais macio da carne bovina e quase não contém gordura. É a parte mais tenra da ponta do filé, localizada na parte traseira do animal. Esse corte representa, aproximadamente, 2,95% da carcaça.

7. Fraldinha

Corte de fibras longas e magras, porém muito suculentas e macias. Excelente para o churrasco ou mesmo grelhada na chapa.

8. Maminha

Menos irrigada que a fraldinha, porém com uma fina capa de gordura que garante sabor à peça, a maminha vai bem tanto na panela quanto na brasa.

9. Alcatra

Tem fibras longas, macias e saborosas. Ideal para o churrasco.

10. Picanha

Queridinha do churrasco nacional, é sempre preparada com a capa de gordura que garante sabor e maciez.

11. Patinho

Corte magro e de fibras curtas, pode ser usado em preparos como quibe cru e steak tartare
ou em bifes a rolê e escalopes.

12. Coxão Mole

Pode pesar até 10 kg e é indicado para assados, ensopados e bifes.

13. Coxão Duro

Pode ser moído para hambúrgueres ou em cubos para cozidos, como o barreado.

14. Lagarto

Ideal para o rosbife ou para o preparo de carnes desfiadas.

15. Músculo Traseiro

É dele que vem o ossobuco, o músculo com o osso ao meio. Indicado para cozidos e ensopados ricos.

16. Ponta de agulha

Reveste as últimas costelas do boi. Pode ser preparada com ou sem osso. Pode ser assada no bafo ou usada em cozidos.

17. Paleta

É um corte semelhante ao filé, mas com mais suculência. Ideal para churrasco e chapa.

Bem, agora você já sabe como escolher os cortes de carnes ideais para suas receitas. E também, ao chegar ao açougue e fazer seu pedido usando o nome correto dos cortes, o açougueiro vai te dar mais atenção por conta do seu conhecimento.

Veja também:

Gostou deste artigo? Então compartilhe com suas amigas nas suas redes sociais. Ficaremos felizes com seu feedback. Isso é muito importante para nós. Abraço e até a próxima dica!

Você vai gostar também: Caldo de mandioca, para mandar o frio embora

Deixe um comentário